Arquivo para novembro \17\UTC 2010

17
nov
10

virada cultural

O último post foi para divulgar a Corrente Cultural 2010, evento que terminou no último final de semana, mais precisamente no dia 14 de novembro. Mais de 60 espaços cederam suas sedes para os mais de 350 eventos que aconteceram durante os 11 dias de programação.

Acompanhei de perto a Virada Cultural, que ocorreu entre os dias 06 e 07. Mais de 140.000 pessoas assistiram às 24 horas ininterruptas da programação. A seguir, comentarei sobre os shows que assisti e também, sobre os amigos que encontrei! Tem coisa melhor? Boa música ao lado das pessoas que a gente gosta!!

Cultura de graça para a população! Que venha a Corrente Cultural 2011!

Curitiba agradece!

 

SÁBADO – 06/11/2010

 

Paulinho da Viola

Sol de rachar, um calor imenso, muita gente na praça Generoso Marques (10.000 pessoas), e muitos chapéus Panamá! O Show do Paulinho da Viola abriu a Virada… Foi lindo ver o coro de vozes cantando músicas como: Dança da Solidão, Timoneiro, Pecado Capital, Coração Leviano, Foi Um Rio Que Passou em Minha Vida, entre outras. A Orquestra à Base de Corda estava fantástica como sempre! Senti certo nervosismo no João Egashira (diretor artístico), ao se referir ao Paulinho. Entendo sua emoção: um evento único, com um artista único, frente há muitas pessoas, um público bem maior do que a Orquestra está acostumada a se apresentar em Curitiba. Destaco a participação de Cristóvão Bastos, que além de arranjar algumas músicas, estava presente e tocou ao piano algumas canções.

Para quem não viu ou para quem quer rever:

Acabando o show do Paulinho, a próxima atração era na Praça da Espanha… Calor de rachar, “tirei” a Cintia de casa, e fomos ver o show do

 

Hermeto Pascoal

 

Quem diria que um dia antes chovia? Há que não conheça Curitiba! Hehe… O Sol estava ainda mais quente quando o show do grande mestre começou! Se Paulinho da Viola já fez alguns comentários a respeito do calor que estava, o Hermeto até improvisou no palco falando do calor: “O sol tá me queimando… mas a minha alma não!”. Hermeto tocou piano, escaleta, flauta, gaita ponto, e cantou, e improvisou. Sempre usando de humor cantava coisas como: “Sou gordinho, fofinho, redondinho… Com a barriga cheia de torresmo”. Acompanhado da Orquestra Sinfônica, (curioso ver os músicos de jeans e camiseta), do percussionista Fábio Pascoal, da cantora Aline Moreira, Hermeto apresentou-se para cerca de 5.000 pessoas.

Para quem não viu ou para quem quer rever:

Eu fiquei que nem um camarão, cheguei a ficar com a marca dos óculos de sol, tamanho era o sol! A Chris e a Ro também estavam assistindo mas nem nos encontramos!! Dei um abraço no Luizinho, me encontrei com a Ti (sempre parceira, que me acompanhou até no show do Roberto), passamos “pegar” a Nine e seguimos para a UTFPR… Então eu, Nine, Ti e Cintia fomos ver o

 

Brasileirinho

Apresentando uma releitura do bem humorado show Álbum de Família, o Brasileirinho tirou boas risadas da platéia. O repertório com o melhor de nossa MPB tem músicas de Gilberto Gil, Vinícius de Morais, Toquinho, Milton Karam, passando pelo Forró de  Dominguinhos e Luiz Gonzaga, pela Jovem Guarda com Carlos Imperial e com o BRock de Eduardo Dusek, Titãs e Ultraje a Rigor.

Particularmente, acho que eles ficaram um pouco aquém do show apresentado no ano passado, mas parece-me que esta era a primeira apresentação das crianças, que estavam um pouco nervosas, mas mesmo assim, valeu a pena!

Para quem não viu ou para quem quer rever:

Depois de fazermos um lanchinho, fomos para o show do Rei…

 

Roberto Carlos

 

Tava bagunçado. PM rondando por todos os lados (também, 50.000 pessoas é gente pra “dedéu”), gente sendo presa, PM tirando neguinho dependurado de estrutura de luz, mulheres desabando de cima dos banquinhos (hehe), gente passando mal… Um cenário bem diferente dos demais shows da Virada, mas enfim, ver o Rei de graça, literalmente não tem preço. Hehe…

Sinceramente não tenho muito pra falar do show do Roberto Carlos seus clichês: seus finais de músicas com a sua risadinha clichê, seus “é isso bicho” (clichê)! Abertura com Emoções: “Quando eu estou aquiii” (clichê)! Me senti dentro de um especial da Globo… Hehe… Por falar em Globo, era aniversário da RPC…

É inegável a participação de Roberto Carlos em nossa música. Incontáveis sucessos e liderança de um grande movimento pop – a Jovem Guarda.

Era legal ver as senhoras emocionadas, muitas realizando um grande sonho: ver o Rei de perto! A emoção das pessoas cantando “Nossa Senhora”!

E minha realização pessoal: vê-lo cantando Detalhes, para mim, umas de suas melhores composições! Ah, e tenho que tirar o chapéu pra “banda” que o acompanha! Entre aspas porque é praticamente uma orquestra! Com o som impecável por sinal!

 

Para quem não viu ou para quem quer rever:

Saímos antes do término, eu e a Ti, pra evitar a “muvuca”, e pra ir também ao tão aguardado (pelo menos para mim) show da banda mineira…


DOMINGO – 07/11/2010

 

 

Pato Fu

Gente! Como fazia tempo que eles não tocavam aqui! Foi maravilhosoo!

 

Com vocês Fernanda Takai: “A Virada atingiu um público muito diversificado e que está acompanhando com muita satisfação toda a programação do evento. Fazia um bom tempo que nós não tocávamos em Curitiba. Se dependesse só do Pato Fu, nós iríamos nos apresentar com uma frequência muito maior aqui. Os curitibanos sempre nos recebem de braços abertos e em troca damos o nosso carinho”

 

Os patos tocaram pra cerca de 10 mil pessoas, sucessos da banda: Antes Que Seja Tarde; Depois; Anormal; Made In Japan (que terminou com parte de Capetão 66.6 Fm); Uh Uh Uh, Lá Lá Lá, Ié Ié; Canção Pra Você Viver Mais, entre outras! Eu pulei, cantei e dancei igual uma louca!! Como sempre, eles “desenterram” alguma pra deleite dos fãs mais antigos, Fernanda Takai relembrou o primeiro show em Curitiba, no antigo Aero Anta, e mandou ver “Mamãe Ama é o Meu Revólver”. E pra finalizar o show: Sobre O Tempo!

Bem, sou suspeita pra falar! Pato Fu se não for a primeira, é uma das minhas bandas preferidas! ADORO!!

Agora espero que eles venham com o Música de Brinquedo, como disse a Fernanda:

“É sempre bom ouvir o bom e velho Pato Fu, mas queremos voltar com o Música de Brinquedo… Espero que logo, logo, a gente possa apresentar o show novo para vocês”!

 

Quem não foi perdeu um showzaçooo!

 

Para quem não viu ou para quem quer rever:

Após o show encontrei-me com a Keila e o Robson! Uma pena a Keila não conseguir chegar perto de onde eu estava para relembrarmos os vários shows do Pato Fu que assistimos juntas!

Bem, eu estava super cansada da maratona do dia, e o negócio era dormir porque no domingo tinha mais!

Queria muito ver o Brasileirão na manhã do domingo, mas não agüentei!!

O negócio foi ir pro show da


Mart’nália

Olha o tanto de gente que estava em frente ao Paço Municipal no domingo:

Eram 10.000 pessoas, o tempo tava bom, e o show foi ótimo.

Ela cantou, além de outras músicas, os grandes sucessos: Cabide; Don’t Worry, Be Happy e claro: Chega!! Fez uma linda versão de Conto de Areia, grande homenagem à Clara Nunes! Sem contar as músicas do novo trabalho: África. Nota 10!

Para quem não viu ou para quem quer rever:

Estávamos eu e a Nine assistindo o show, quando duas meninas pararam bem na nossa frente: era a Mor e a Mila! Muito engraçado! Como falamos: isso é o que chamamos de sincronicidade, se tivéssemos combinado acho que não nos encontraríamos tão fácil! Depois chegou a Ti, e a Dô também estava por lá…

Encontrei-me também com o Paulinho, ex-namorado de uma ex-colega de trabalho (tsc), pessoa que eu admiro pra caramba! Fiquei feliz de tê-lo encontrado por lá!

Depois chegou a Fer e a Nika! E de galera, fomos “almoçar” e esperar o show do Tremendão!

 

Erasmo Carlos

 

Praça cheia para o show que encerrou a Virada Cultural 2010. Dez mil pessoas estavam lá para ver o SenhorRoqueirodeCabelosBrancosComAtitudeSuperRock’n’Roll.  Se eu não imaginava que um diria veria o show do Roberto Carlos, quem dera então imaginar ver o Roberto e também o Erasmo no mesmo fim de semana?

Não tenho muito o que falar, só posso dizer que o cara mandou bem!

 

Para quem não viu ou para quem quer rever:

No show do Erasmo Carlos chegaram a Pri Pacheco e depois a Januza.

Depois do fim do show, tivemos pique para ir ao Bar do Alemão, tomar aquele submarino e comer marreco recheado com lingüiça! Depois passamos no espaço Cult onde tava rolando uma banda cover de rock anos 60, muito bom!!

E pra finalizar o fim de semana, a noite, a virada, fizemos uma rodinha de violão na casa da Nine!

Ufa!! Final de semana e tanto, hein??


Obs.: os dados a respeito do público nos shows foram retirados no site da Prefeitura.

04
nov
10

Corrente Cultural

Sem muitas delongas e com um certo atraso, este post é para divulgar a Corrente Cultural 2010, que começou ontem (por isso o atraso!!) e vai até dia 14/11.

Trata-se de uma série de eventos culturais, incluindo: exposições fotográficas e de arte, mostras de cinema, apresentações teatrais, oficinas de diversas áreas, apresentações de dança, palestras, apresentações musicais (samba, choro, grupos vocais, corais, música de camera, orquestras, rodas de capoeira, fandango), circo e claro, shows!!

Nos dias 06 e 07, ocorrerá a chamada “Virada Cultural”, eventos diversos invadirão vários pontos da cidade entre sábado e domindo próximos, madrugada à dentro!!

Para pegar todo o programa (é muita coisa, não caberia eu dizer tudo aqui) acessem: www.correntecultural.com.br

Destaques para os shows do Pato Fu (yess!!), Roberto Carlos (imagina ver “O Rei”, e ainda de graça?), Erasmo Carlos, Mart’nália, Paulinho da Viola, Arrigo Barnabé, Sandra de Sá e Hermeto Pascoal. Não deixem de ver também a mostra de música independente de Curitiba, no Tuc, organizada pelo Geto (Getúlio Guerra, você pode acessar o blog dele aí ao lado >>>>>>>). Vale destacar também uma exposição dos 50 anos de filosofia francesa, na sede do grupo Aliança Francesa. E pra quem ainda não conhece nossos excelentes grupos mantidos pela Fundação Cultural, esta é a oportunidade de ver apresentações da Orquestra à Base de Corda, Orquestra à Base de Sopro, Vocal Brasileirão e Vocal Brasileirinho!! Tudo o que estes grupos fazem é nota 10!!

No site da corrente, há um PDF com endereços, o histórico de cada lugar, e toda a programação, além de uma mapa pra ficar mais fácil a localização dos eventos.

E pra finalizar, quero ressaltar que é tudo GRATUITO!!

Ou seja, não há desculpas pra não participar!!

CORRENTE CULTURAL – A ARTE FAZ PARTE DA SUA VIDA.

http://correnteculturalcuritiba.blogspot.com/

http://www.correntecultural.com.br/




Categorias

TWITTER