Archive for the 'Livros' Category

17
out
10

Zeca Camargo

No último post, disse que iria falar do Zeca Camargo… So, here we go!!

 

Seu nome já era conhecido por mim, porque ele era um dos jornalistas colaboradores da finada revista Bizz (poderia fazer um post só falando da Bizz, tenho todas as edições da maior e melhor revista de música e cultura pop que já foi editada nesta terra brasilis). Depois, o cara entrou nada mais, nada menos, para o Fantástico, aí sim, caiu na graça popular. Não que ele não tivesse trabalhado para a TV antes, pois tinha um programa na TV Cultura antes de entrar para a “revista eletrônica global”. Depois ele foi apresentador de “No Limite”, o que pra mim era dispensável. Não gosto de reality-shows, e como bom jornalista que é, ele precisava mesmo fazer aquilo??

Até então, ele era mais um jornalista, até que ganhei como presente de aniversário o livro de A-HA a U2, escrito por ele. Neste livro, ele narra os bastidores das principais entrevistas que fez, como correspondente do Fantástico, da já citada Bizz, da Folha de São Paulo, entre outros lugares que ele já trabalhou. Ali sim, pude perceber a bagagem cultural e principalmente: sua paixão por música! Além de relatos emocionantes sobre as entrevistas, ele narra algumas compras que fez ao redor do mundo: lojas de música, sebos, e preciosidades ou raridades encontradas e adquiridas. O nome desta sessão não podia ser melhor: perdido em música… Existe também, ao final de cada entrevista uma página intitulada: “Se você tiver que ouvir apenas uma música desse artista, ouça…” Bem, não preciso descrever a finalidade desta sessão, não é? Mas posso dizer que o texto é leve e apetitoso, hehe, e que concordo com ele em cerca de 90% das músicas ali escolhidas.

E pra finalizar, em alguns cantos de página, ele solta alguns “Top Five”. São listas de cinco músicas com temas variados como: cinco declarações escancaradas de amor, cinco singles que deveriam ter feito mais sucesso do que fizeram, cinco músicas para celebrar a África, cinco músicas para definir os anos 80, entre outras. Ou seja, apesar da resistência em abrir e começar a ler o livro, acabei me divertindo muito e acabei devorando-o!!

Pra finalizar os comentários sobre o livro, com ele percebi e assumi: EU AMO O POP!! Apesar da minha “veia rock’n’roll” gosto de todo tipo de música! Confesso que até então, eu era meio resistente em assumir algumas preferências minhas, e com o livro, e com o Zeca (sim, chamo ele assim, simplesmente Zeca), percebi que não era infame amar o Abba!! E terminei o livro com esta sensação: AMO o POP! Adoro Humm Bop, do Hanson, adoro as Spice Girls e adoro Não se Reprima!! Assim como adoro Pink Floyd e os Rolling Stones!!

Músicas são músicas! Não importa o gênero, época ou lugar! Por exemplo, tem músicas que gosto por causa da letra (Uns Dias e Outra Rota, dos Paralamas), outras por causa da linha de baixo (Let Me In, do Paul McCartney) outras, porque representam uma determinada época ou lugar (São Francisco, do Scott Mackenzie), outras por causa da melodia, enfim, como diria Renato Russo: Existem Canções!!

 

Mas enfim, só este livro, não basta para que eu me declare fã do Zeca. No post anterior eu brinquei que iria postar sobre o “Mistery Guitar Man” antes que o próprio Zeca o fizesse. Sempre antenado com as coisas que rolam no mundo pop, me divirto acessando seu blog, lendo seus comentários sobre música, cinema, livros (que muitas vezes eu li também) e coisas que surgem na internet. E quando ele descobre coisas legais que envolvem este universo, pode ter certeza, acaba aparecendo por lá…

 

Para finalizar, vou lançar um desafio!! Há uma coisa que tenho em comum com o Zeca: somos aficionados por listas!! Então, gostaria de lançar um breve desafio “a la Zeca Camargo” (ele sempre faz isso em seu blog). Junto ao post, me contem quais são as suas cinco músicas preferidas, que tal?? Acho que vai ser difícil, hein?

 

Então, deixo aqui o endereço do blog: http://g1.globo.com/platb/zecacamargo/

Quem sabe, daqui uns dias, o Mistery Guitar Man não aparece por lá?

24
nov
09

Cinema e literatura…

O que vem a ser paixão?

Segundo o AURÉLIO:

Paixão: 1. Sentimento ou emoção levados a um alto grau de intensidade. 2. Amor ardente. 3. Entusiasmo muito vivo. 4. Atividade, hábito ou vício dominador.

O que seria dos meus dias sem um bom filme para assistir ou sem um bom livro para ler??

LITERATURA:

Hoje (ou melhor, ontem) terminei de ler o novo do Dan Brown… O Símbolo Perdido, segue a já conhecida receita de bolo que o fez ser autor de vários Best-Sellers: assassinatos + mistérios + Robert Langdon acompanhado de uma mulher que o ajuda a desvendar a trama toda. O que realmente prende o leitor em seus livros, é sua habilidade de misturar arte, história e ciência no mesmo “caldeirão”. Desta vez o tema escolhido é a maçonaria.  Grande candidato a nova adaptação para o cinema, o autor resolve voltar à fórmula que fez de O Código da Vinci e Anjos e Demônios sucessos absolutos, o que não se pode dizer, dos últimos Fortaleza Digital e Impacto Profundo. Vale a pena, e como seus antecessores, é uma leitura rápida, visto que você “engole” o livro pra saber o que acontecerá no próximo capítulo!

CINEMA:

Final de semana de estréia: o aguardado LUA NOVA, adaptação do romance de mesmo título da escritora Stephenie Meyer. O segundo de uma série de quatro livros (Crepúsculo, Lua Nova, Eclipse e Amanhecer), Lua Nova me trouxe a impressão de que a autora estava se “encontrando”, tentando dar continuidade ao seu best-seller, o já conhecido Crepúsculo, que trouxe a tona novamente o culto aos Vampiros. Apesar de não ter gostado do livro, gostei muito de sua adaptação. Mérito da roteirista Melissa Rosenberg, que soube tirar o melhor de sua páginas para dar vida ao filme. Resultado: primeiro filme que assisto que saiu melhor que o livro!!

Entusiasmo, vício, emoção! Abra um livro, vá ao cinema!! Apaixone-se!!




Categorias

TWITTER